Como correr com sucesso para a corrida do TAF.

A seguir daremos 7 dicas importantes de como agir durante a sua corrida, evitando os famosos ‘’vacilos’’. 1)Alongar-se antes da prova.
O alongamento ativa um receptor sensorial chamado orgão tendinoso de golgi, promovendo um relaxamento muscular. Este relaxamento compromete as contrações musculares e ainda por cima aumenta o risco de lesões.

Promova o seu aquecimento com caminhadas e trotes abaixo do ritmo de prova por pelo menos dez minutos (não há uma regra para isso, fica a minha sugestão). 2)Não amarrar firmemente os cadarços.
É claro que isto é óbvio, porém ao colocar o chip, alguns corredores acabam esquecendo de dar um ‘’nó’’ no cadarço. O resultado pode ser a perda de preciosos segundos ou até um acidente.

3)Posicionar-se o mais a frente possível :
A não ser que você seja um corredor muito veloz… Querer largar nesta posição pode causar tombos, pois você será literalmente ‘’atropelado’’ por corredores mais velozes, além de receber incontáveis xingamentos, uma vez que estará atrapalhando quem é mais rápido.

4)Forçar o ritmo nos primeiros minutos.
O mais comum dos erros, acontece exatamente por inexperiência, a empolgação e a adrenalina alta na hora da largada faz com que corredores novatos se empolguem e simplesmente esqueçam os ritmos treinados, o que compromete o tempo final e gera uma grande frustração com a performance no final da prova. 
5)Ser exageradamente competitivo consigo mesmo.
Esse costuma ser o erro mais comum nos corredores experientes!

6)Falta de concentração na técnica de corrida durante a prova.
Correr cruzando os braços a frente do tronco, tencionar em demasia os ombros e a musculatura do rosto, ou usar uma passada que dificulta a projeção do centro de gravidade para frente, gastam uma energia desnecessária durante a prova, o que antecipa a fadiga e ‘’rouba’’ preciosos segundos do seu tempo final.

7)Praticar o Sprint sem ter treinado:
O ideal durante uma prova é buscar um ritmo constante durante todo o trajeto, estudos sugerem que esta estratégia é a que permite os melhores tempos. 
#aprovataf #30tododia
23 likes
  • aprovatafComo correr com sucesso para a corrida do TAF.

    A seguir daremos 7 dicas importantes de como agir durante a sua corrida, evitando os famosos ‘’vacilos’’. 1)Alongar-se antes da prova.
    O alongamento ativa um receptor sensorial chamado orgão tendinoso de golgi, promovendo um relaxamento muscular. Este relaxamento compromete as contrações musculares e ainda por cima aumenta o risco de lesões.

    Promova o seu aquecimento com caminhadas e trotes abaixo do ritmo de prova por pelo menos dez minutos (não há uma regra para isso, fica a minha sugestão). 2)Não amarrar firmemente os cadarços.
    É claro que isto é óbvio, porém ao colocar o chip, alguns corredores acabam esquecendo de dar um ‘’nó’’ no cadarço. O resultado pode ser a perda de preciosos segundos ou até um acidente.

    3)Posicionar-se o mais a frente possível :
    A não ser que você seja um corredor muito veloz… Querer largar nesta posição pode causar tombos, pois você será literalmente ‘’atropelado’’ por corredores mais velozes, além de receber incontáveis xingamentos, uma vez que estará atrapalhando quem é mais rápido.

    4)Forçar o ritmo nos primeiros minutos.
    O mais comum dos erros, acontece exatamente por inexperiência, a empolgação e a adrenalina alta na hora da largada faz com que corredores novatos se empolguem e simplesmente esqueçam os ritmos treinados, o que compromete o tempo final e gera uma grande frustração com a performance no final da prova.
    5)Ser exageradamente competitivo consigo mesmo.
    Esse costuma ser o erro mais comum nos corredores experientes!

    6)Falta de concentração na técnica de corrida durante a prova.
    Correr cruzando os braços a frente do tronco, tencionar em demasia os ombros e a musculatura do rosto, ou usar uma passada que dificulta a projeção do centro de gravidade para frente, gastam uma energia desnecessária durante a prova, o que antecipa a fadiga e ‘’rouba’’ preciosos segundos do seu tempo final.

    7)Praticar o Sprint sem ter treinado:
    O ideal durante uma prova é buscar um ritmo constante durante todo o trajeto, estudos sugerem que esta estratégia é a que permite os melhores tempos.
    #aprovataf #30tododia

  • lorenamoraesleite@bellinhabrandao
Log in to like or comment.