​Educação: Sindicato condena fechamento de subsecretarias

O Sindicato da Educação de Goiás (Sintego) condenou, por meio de nota, a decisão do governo estadual de fechar 25 subsecretarias regionais de educação espalhadas por todo estado. Para o sindicato, a decisão é uma afronta a todos os trabalhadores da Educação em Goiás e também contra alunos e pais. O Sintego afirma que a decisão nada mais é do que uma tentativa do governador Marconi Perillo (PSDB) e da secretária da Educação de Goiás, Raquel Teixeira, de provocar o desmonte da escola pública e o aniquilamento do funcionalismo público de Goiás. “Já não bastasse negar os direitos básicos aos trabalhadores, com o fechamento das subsecretarias, o Governo provocará o acúmulo de trabalho para os servidores o que, certamente, prejudicará a prestação dos serviços à comunidade. Vale lembrar que toda essa mudança arbitrária provocará o aumento das despesas dos servidores que terão que se deslocar para outras subsecretarias que estiverem lotados para cumprir a carga horária a qual lhe compete. Como os trabalhadores arcarão com tantos prejuízos?”, questiona a nota. A nota deixa claro que o sindicato irá buscar reuniões com os servidores e professores prejudicados para discutir uma reação ao que considerou um “desrespeito do governador”, a qual poderá ser, inclusive, uma greve ou paralisação.

Leia mais: goiasreal.com.br

#goiasreal #analise #informação #noticias #educação #governodegoias #trabalhadores #marconiperillo #goias ​
46 likes
  • goiasreal​Educação: Sindicato condena fechamento de subsecretarias

    O Sindicato da Educação de Goiás (Sintego) condenou, por meio de nota, a decisão do governo estadual de fechar 25 subsecretarias regionais de educação espalhadas por todo estado. Para o sindicato, a decisão é uma afronta a todos os trabalhadores da Educação em Goiás e também contra alunos e pais. O Sintego afirma que a decisão nada mais é do que uma tentativa do governador Marconi Perillo (PSDB) e da secretária da Educação de Goiás, Raquel Teixeira, de provocar o desmonte da escola pública e o aniquilamento do funcionalismo público de Goiás. “Já não bastasse negar os direitos básicos aos trabalhadores, com o fechamento das subsecretarias, o Governo provocará o acúmulo de trabalho para os servidores o que, certamente, prejudicará a prestação dos serviços à comunidade. Vale lembrar que toda essa mudança arbitrária provocará o aumento das despesas dos servidores que terão que se deslocar para outras subsecretarias que estiverem lotados para cumprir a carga horária a qual lhe compete. Como os trabalhadores arcarão com tantos prejuízos?”, questiona a nota. A nota deixa claro que o sindicato irá buscar reuniões com os servidores e professores prejudicados para discutir uma reação ao que considerou um “desrespeito do governador”, a qual poderá ser, inclusive, uma greve ou paralisação.

    Leia mais: goiasreal.com.br

    #goiasreal #analise #informação #noticias #educação #governodegoias #trabalhadores #marconiperillo #goias

  • edibertogsImagina que bom seria se estras pragas morressem
  • maria_lua_luaComunista disfarçado todo cuidado é pouco lobo em pele de cordeiro
  • deusaneteMiserável!
  • neilamilhomem@carmem2015
  • ksdamascenoO direito do povo Sempre Esta em ultimo lugar... Ve se Ele Olha para o umbigo dele!
  • carmem2015Estou na função de gestora, e repudio a decisão do governo em fechar as subsecretarias. Acho um imenso retrocesso! Quanto a ter q pagar pra trabalhar: diárias, deslocamentos, alimentação, entre outros; não farei! Renuncio a função! ...
  • rosana.piresSenhor retrocesso total!!porque não tira os benefícios que são muitos deles poderosos!!!
  • clinicahmestetica⭐💛
Log in to like or comment.